Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos promoveu festa junina da Comunidade Quilombola de Guaribas de Baixo

Início Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos promoveu festa junina da Comunidade Quilombola de Guaribas de Baixo

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos promoveu festa junina da Comunidade Quilombola de Guaribas de Baixo

Desenvolvimento Social

Autor: Gerente Comunicação

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos promoveu festa junina da Comunidade Quilombola de Guaribas de Baixo

15/06/2018 20h49 Atualizado há 4 anos atrás

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, junto com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da Comunidade Quilombola de Guaribas de Baixo, em Bezerros, realizou nesta sexta-feira (15) a comemoração da festa junina que proporcionou aos usuários momentos de lazer e cidadania.

Teve parques de diversão, pipoca, algodão-doce e distribuição de kits juninos. Também houveram diversas manifestações culturais e apresentações de danças típicas do quilombo, como  a mazurca que representa tradição e raízes dos moradores. A comunidade que possui cerca de 50 famílias, sendo em sua grande maioria, crianças, jovens e mulheres, teve a oportunidade de desfrutar da ação de emissão de RG e CPF. Ainda houve espaço para muito forró e comidas típicas, como pamonha, milho e canjica.

Além de secretários da gestão, o evento contou com a presença do prefeito Branquinho, o Vice Prefeito Breno Borba e o Deputado Federal, Danilo Cabral. O evento teve como principal objetivo vivenciar o período junino, e aproximar as famílias através dos serviços sociais que foram oferecidos.

“Nós realizamos diversos eventos por ano aqui na comunidade Quilombola de Guaribas de Baixo. Fizemos essas comemorações para aproximar a comunidade dos serviços sociais e da própria família que tem a oportunidade de usufruir dos serviços que estamos oferecendo e se divertindo ao mesmo tempo’’, falou Luciana Dutra, secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

Por Emilly Silva, estagiária


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade