GEPMA realiza um bom trabalho social em Bezerros

Início GEPMA realiza um bom trabalho social em Bezerros

GEPMA realiza um bom trabalho social em Bezerros

Autor: Gerente Comunicação

GEPMA realiza um bom trabalho social em Bezerros

Fundado em 2015, pelo funcionário público, Ailson Pontes e seus filhos, o Grupo Especializado Preparatório Militar (GEPMA), vem desenvolvendo um trabalho social na cidade de Bezerros, com jovens da cidade e zona rural, objetivando tirá-los da ociosidade e das situações de risco, que estão submetidos nos dias atuais em todas as classes sociais possíveis, sendo […]

01/08/2017 11h52 Atualizado há 5 anos atrás

Fundado em 2015, pelo funcionário público, Ailson Pontes e seus filhos, o Grupo Especializado Preparatório Militar (GEPMA), vem desenvolvendo um trabalho social na cidade de Bezerros, com jovens da cidade e zona rural, objetivando tirá-los da ociosidade e das situações de risco, que estão submetidos nos dias atuais em todas as classes sociais possíveis, sendo o uso de drogas a principal preocupação dos que fazem o grupo. Atualmente são 90 jovens que recebem aulas de Português, Direito e Matemática, ministradas pelos professores Antônio Carvalho e Letícia Thais, na Escola José de Góes, aos sábados das 08h às 15h. Além destas matérias os voluntários que fazem o GEPMA ainda oferecem atividades esportivas, treinamentos de campo e de primeiros socorros e acampamento; tudo isto registrado por um fotografo que faz parte grupo.

O GEPMA tem o apoio do Judiciário, Ministério Público, Prefeitura de Bezerros, Entidades Religiosas e outras; tem também o apoio de pessoas físicas e alguns artistas de bandas e do programa do Ratinho. Os componentes do grupo recebem patentes simbólicas nos mesmos moldes de militares das forças armadas e obedecem rigorosamente a hierarquia, principalmente em suas ações de ruas, onde mostram disciplina e sintonia com os superiores. CNPJ e estatuto próprio de associação, fazem do GEPMA, um grupo acreditado e conceituado pelos que conhecem o trabalho desenvolvido pelos seus participantes. Para fazer parte do GEPMA, os jovens precisam serem autorizados pelos pais, que solicitam suas inscrições e após avaliados rigorosamente, são, ou não, aprovados para fazerem parte desta associação.


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade