Histórico de Bezerros

HISTÓRIA DE BEZERROS

Conhecida nacionalmente como “Terra do Papangu”, Bezerros surgiu em 1740, quando foi implantado um comércio de gado, iniciando um povoamento no local. Muitas versões da história tentam explicar o nome do município, sendo que o primeiro diz respeito ao sobrenome da Família Bezerra, proprietária de terras na região. A segunda e mais conhecida versão da história, é que um dos filhos da Família Bezerra se perdeu na mata e após uma promessa feita a São José, a criança foi encontrada com vida debaixo de uma árvore, local onde, no futuro, foi erguida a capelinha de devoção a São José dos Bezerros.

Atualmente, Bezerros é formada pelos Distritos de Sapucarana, Boas Novas, Sítio dos Remédios, Cajazeiras, Areias e, o mais famoso deles, a Serra Negra, ponto turístico apontado como uma das maiores belezas do município e até do Nordeste. O local atrai turistas de todo o país que visitam Bezerros para desfrutar da culinária regional e as baixas temperaturas que o povoado oferece nos meses de inverno.

O município tem uma população de aproximadamente 60 mil habitantes. A economia consiste na agricultura, sendo um dos maiores produtores de tomate da região e também destacando-se pela fabricação de bolos e doces.

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

A resolução régia de 22 de Novembro de 1805 criou o Distrito dos Bezerros. O município surgiu em virtude da Lei Provincial de nº 619 de 9 de Maio de 1865. Essa lei foi suprimida mais tarde pela Lei Provincial de nº 720 de 20 de Maio de 1867 e restabelecida outra vez pela Lei nº 919 de 18 de Maio de 1870, quando permaneceu sendo município, tendo sua área desmembrada do município de Bonito. Com três anos depois, a 9 de Janeiro de 1873, foi reinstalada a comuna.

A vila dos Bezerros passou a cidade em 20 de Maio de 1881, por força da Lei Provincial nº 1560. Por ocasião da Divisão Administrativa de 1911, o município dos Bezerros figurava com os distritos da Sede, de Camocim e de São Miguel, e na segunda Divisão de 1933, lhe foi acrescido Sapucaia. Mais tarde o distrito de Camocim passou a ser Camocituba; São Miguel passou a ser Sairé e Sapucaia passou a ser Sapucarana, isto em obediência ao Decreto Lei Estadual nº 952 de 31 de Dezembro de 1943.

Em 1953, a 29 de Dezembro, em virtude da Lei Estadual nº 1818 daquela data, extinguiu-se o distrito de Camocituba e criou-se o município de Camocim de São Félix. Isso deixou o município de Bezerros formado pelos distritos de Bezerros (Sede), Sairé e Sapucarana.

Em 20 de Dezembro de 1963, por força da Lei Estadual nº 4942, o Distrito de Sairé foi elevado à categoria de município, deixando assim o município dos Bezerros com os distritos: Sede e Sapucarana. Através da Lei Municipal nº 18 de 30 de Dezembro de 1968, o município criou ou deu forma de Distrito ao local de Boas Novas. 18 de Maio – Emancipação política de Bezerros.

GEOGRAFIA

Localiza-se a uma latitude 08º14’00” sul e a uma longitude 35º47’49” oeste, estando a uma altitude de 470 metros. Sua população estimada em 2021 é de 60.960 habitantes e possui uma área de 492,56 km².

LIMITES

Norte: Cumaru e Passira.
Sul: São Joaquim do Monte e Agrestina.
Oeste: Riacho das Almas e Caruaru.
Leste: Gravatá, Sairé e Camocim de São Félix.

HIDROGRAFIA

O município está inserido nas bacias do Rio Ipojuca, Rio Sirinhaém e Rio Capibaribe.

CLIMA

O clima da cidade é o semiárido, porém, com alguns trechos de tropical de altitude.

DISTRITOS

Boas Novas, Sapucarana e Encruzilhada.

Povoados

Cajazeiras, Fazendinha, Jurema, Poção, Serra Negra, Sítio dos Remédios.

RELEVO

O município está inserido na unidade geoambiental do Planalto da Borborema. Tem seu ponto culminante no povoado de Serra Negra, onde a altitude chega a 957m.

VEGETAÇÃO

A vegetação do município é composta por caatinga hiperxerófila e mata atlântica.

image_pdf

INFORMAÇÕES

Prefeitura Municipal dos Bezerros
Endereço: Praça Duque de Caxias, 88 Térreo – Centro – Bezerros – PE
CEP: 55660-000
CNPJ: 10.091.510/0001-75
E-mail: prefeituradebezerros@gmail.com
Horário de Funcionamento:  07h as 13h, de segunda a sexta-feira.

REDES SOCIAIS

Skip to content